11 de fevereiro de 2008

“É proibido desfilar com a genitália desnuda”


A tal genitália desnuda, rendeu o rebaixamento da São Clemente, caiu o tapa sexo, não caiu? A genitália ficou realmente desnuda?
Vai saber?
O que me espanta, é tamanha hipocrisia com a genitália alheia.
Com tanta coisa pra se preocupar eu lá quero saber da genitália dos outros?
É sempre assim, carnaval encerram-se polêmicas eleitorais, bandidos teoricamente dão uma trégua para que possam todos alegres pular o carnaval, e os turistas se sentirem mais “seguros” em nossa cidade.
Mais grave que a genitália exposta de Viviane Castro, é a pouca vergonha dos cartões corporativos.
É o comentário sofrível da Ministra Marta Suplicy sobre a crise aérea.
“O negócio é relaxar e gozar”
Ministra do Turismo de um país onde se procura combater a prostituição infantil e o turismo sexual...!!! ???
Muito legal e educativo o comentário infeliz da sexóloga.
E depois de tudo, ela só viaja de jatinho particular...
Pagos por quem?
Nós, ora bolas.
Segue então uma receita em homenagem a genitália desnuda de Viviane.
Pêssegos ao vinho com açafrão.
O que isso tem a ver com a genitália da moça?
Talvez nada, mas as coisas nesse país precisam fazer sentido?
Só pra saber, eis o artigo que fala da proibição.
É o regulamento da LIESA.


TÍTULO IIDAS OBRIGAÇÕES DAS ESCOLAS DE SAMBA E DEMAIS RECOMENDAÇÕES

Artigo 26.

V - impedir a apresentação de pessoas que estejam com a genitália à mostra, decorada e/ou pintada;

Pêssegos ao vinho Tinto e açafrão ou a Genitália Desnuda

Ingredientes:


6 pêssegos maduros e firmes e sem casca

suco de 1/2 limão

2 xícaras de chá de vinho tinto seco de boa qualidade

1 xícara de chá de água

2 paus de canela pequenos e quebrados

1 colher de café de açafrão

½ xícara de chá de açúcar

6 fatias de limão


Preparo:


Esfregue os pêssegos por inteiro com o suco de limão.

Numa panela grande, coloque o vinho, água, canela, açúcar e 3 fatias de limão. Deixe ferver e cozinhe por 15 minutos em fogo baixo.

Acrescente os pêssegos e cozinhe em fogo baixo por mais 20 minutos, virando-os de vez em quando para colori-los uniformemente com a calda do vinho.

Quando os pêssegos estiverem bem impregnados da cor do vinho desligue o fogo, acrescente o açafrão e deixe os pêssegos na calda por várias horas ou mesmo durante toda à noite, à temperatura ambiente.

Retire as frutas da calda e reserve.

Ferva a calda em fogo alto até reduzi-la a 1 xícara (chá).

Deixe esfriar completamente.

Sirva os pêssegos inteiros ou cortados em gomos.

Despeje sobre eles a calda.


Aproveite!!!

3 comentários:

Juliano disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Adorei essa matéria sobre a genitália.
Seu blog está muito legal.
Sarah

Rodrigo disse...

A receita do doce de pêssego é ótima, eu fiz e ficou divino!!!
Parabéns pelo blog.

Postar um comentário

Deguste!!! Fique a vontade. Mas evite comentários ofensivos, não use palavrões. Esse espaço é de alegria.